Notícias‎ > ‎

Um Conselho não representativo

postado em 15 de mai de 2011 10:01 por Fernanda Weiden

Nós, militantes emigrantes, signatários deste abaixo-assinado, representando diversas associações, grupos, movimentos, assim como emigrantes pessoalmente interessados numa ativa e construtiva relação com o governo em matéria de emigração, queremos manifestar nossa estranheza pela maneira como a Subsecretaria Geral das Comunidades Brasileiras no Mundo, órgão do Itamaraty e Ministério das Relações Exteriores, fixou as datas para os candidatos ao Conselho de Representantes de emigrantes e para a realização quase imediata das votações.

De acordo com o aprovado em conjunto com o Conselho Provisório, em julho de 2009, deveria haver um longo período para a apresentação das candidaturas definitivas. Em seguida, deveria haver um espaço de três semanas para tais candidatos fazerem sua propaganda eleitoral e só, a seguir, seriam marcadas eleições, durante um período de duas semanas.

Ora, neste mês de outubro, de maneira intempestiva, o Itamaraty   fixou apenas seis dias para as candidaturas definitivas, muitos   participantes das conferências e do próprio Conselho Provisório   não foram alertados por e-mail, como se esperava, e já se anunciam   eleições quase imediatas, tudo isso coincidindo com a eleição para   a presidência da República.

Essa pressa e essa coincidência confundem os emigrantes e,   perguntamos se não é justamente isso que pretende o Itamaraty, para   diminuir a importância dessas eleições de emigrantes e para provocar   a eleição de pessoas desconhecidas. Segundo denúncias vindas do   Paraguai, o Consulado de Assunção tem preferência por um candidato   local, o que pode estar acontecendo em outras áreas.

Diante disso, queremos que o ministro Celso Amorim intervenha e   restabeleça a confiança dos emigrantes no processo de eleição do   Conselho de Emigrantes. Sem isso, teremos a impressão de se ter   montado uma grande farsa, da qual sairemos todos prejudicados.

A pressa com que se pretende realizar tais eleições, depois de   tantos meses sem qualquer informação, demonstra também haver um   desinteresse do MRE pelos emigrantes, tentando-se simplesmente acelerar   o processo eleitoral do Conselho de Emigrantes por questões de fim   de mandato.

Assine este abaixo-assinado –   Clique aqui.

Comments